-

-

sábado, 30 de junho de 2012

SAMOVOL’ SHCHINA (FAZER O QUE SE QUER).



A “Grande” Revolução Comunista Russa de 1917, chamada pelos mesmos de SAMOVOL’ SHCHINA que traduzindo literalmente significa “Fazer o que se quer” ou “Fazer tudo que se têm vontade”, foi um nome bem apropriado para as consequências que sua revolução causaria não só na Rússia, mas em todo o mundo.

Não só fizeram todas as atrocidades já vista pela humanidade, mas também inovaram em muito. O comunismo oriundo da Revolução Russa mostrou ao mundo a mais triste realidade da depravação humana.

Seguimos então nosso raciocínio dentro de; FAZER O QUE SE QUER E TUDO QUE SE TÊM VONTADE. Dentro desse aparente slogan de liberdade encontramos um Estado que supostamente seria governado pelo povo e para o povo, mas o que encontramos foi uma elite do PC Russo que governou a Nação segundo sua vontade, e para seu deleite. Deixando para o povo fazer também tudo o que quisesse, desde que o Estado Comunista permiti-se é claro, vejamos uma lista de itens de “liberdade”, segundo o seu conceito e seu slogan:

O Povo poderia fazer (ou teria que fazer!)............

PODEM TRABALHAR:Trabalhavam aonde o Estado estabelecia.

PODEM RESIDIR EM TODOS OS LUGARES: Mudavam de residência se assim o Estado achasse necessário.

PODEM VIVER MAIS PRÓXIMOS A SUA COMUNIDADE: Moravam em uma única casa com várias famílias, pois segundo seu conceito o Estado é a família maior.

PODEM SER PAIS E MÃES DE TODAS AS CRIANÇAS DA NAÇÃO: As crianças eram consideradas filhos (as) do Estado e deveviam lealdade e fidelidade a ele acima dos pais.

PODEM TER A “MELHOR” EDUCAÇÃO: Se o Estado Soviético achasse necessário às crianças eram obrigadas a ir para internatos aonde recebiam um verdadeiro estudo ao terror, pois todas áreas da educação eram voltas para a visão comunista e desse modo distorcida. Além de oprimirem severamente as crianças desobedientes, imperava o terror dos ensinamentos ateístas.

PODEM SER DONOS DE TODA NAÇÃO: Diziam que tudo no Estado era de propriedade do Estado, e desse modo afirmavam que era “de todo o povo”, mas como bem sabemos não foi bem assim que funcionou. O que significa que os cidadãos não são donos de nada e ao mesmo tempo de tudo (pura retórica comunista).

PODEM SER POLIGAMOS: Os dois fundamentos do casamento atual foram abolidos; afirmavam a liberdade da mulher, pois diziam que a mesma era escrava do marido no mundo capitalista. Sendo assim a poligamia no sistema comunista era vista como um fenômeno próprio e perfeitamente realizável. Por que segundo seu conceito o capitalismo proibindo a poligamia gerava a marginalização da poligamia pelo Estado. Em sua visão o homem e a mulher deveriam ser livres de qualquer laço sagrado ou matrimonial poderão se unir a quem quisessem e quando quisessem. Ensinavam que a monogamia deveria ser vista como uma opressão da sociedade capitalista sobre o individuo e como tal prejudicial para o Estado comunista.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Descobertos outros 16 geoglifos na região amazônica



 Um grupo de pesquisadores da Universidade do Pará anunciou a descoberta de outros 16 geoglifos na região amazônica. Estas grandes grandes figuras desenhadas no chão foram avistadas no dia 16 de junho, durante um sobrevoo. Com isso, até agora, foram descobertos 308 geoglifos próximos do limite entre os estados do Acre e do Amazonas.

Os geoglifos são formados fragmentos como rochas e pequenas pedras. Em sua maioria, são visualizados do alto, como é o caso dos famosos geoglifos de Nazca, no Peru. No Brasil, as imagens começaram a ser descobertas pelos pesquisadores no final dos anos 70. De acordo com os cientistas, alguns desses geoglifos podem ter mais de 10 mil anos e alguns deles chegam a medir centenas de metros de diâmetro. Suspeita-se que estas figuras foram feitas para marcação de locais e também para a realização de rituais.

Pesquisadores encontraram 16 novos geoglifos — grandes figuras feitas no chão por povos antigos — na divisa do Acre com o Amazonas. A descoberta foi feita por cientistas liderados pela antropóloga Denise Schaan, da Universidade Federal do Pará, durante um sobrevoo às margens da BR-317, no sul da região amazônica. Com isso, somam-se 308 geoglifos próximos do limite entre o Acre e o Amazonas.


 Os geoglifos brasileiros da região amazônica foram descobertos em pesquisas arqueológicas que se iniciaram no fim da década de 1970. Os cientistas estimam que alguns possam ter até 10.000 anos de idade — os encontrados agora foram feitos entre o século I e XIII d.C.

Hitler teria tido filho com jovem francesa de 16 anos


Comparação entre as fotos de Adolf Hitler e as de seu suposto filho Jean-Marie Loret.

O líder nazista Hitler teria tido um filho fruto de um relacionamento com uma jovem francesa de apenas 16 anos, de acordo com matéria divulgada pela revista "Le Point". Ele teria engravidado Charlotte Lobjoie durante a Primeira Guerra, em 1917, e deste breve relacionamento nasceu Jean-Marie Loret, em 1918. Ele morreu em 1985, aos 67 anos, com a certeza de que era filho de Adolf Hitler.

Quando ainda não sabia quem era seu pai, o jovem defendeu a França contra as forças alemãs durante Segunda Guerra, em 1940. A mãe sempre evitou falar sobre o pai e entregou o filho para a adoção no início dos anos 30. Hitler teve pouco contato com a criança, mas se comunicava com a mãe. Charlotte só revelou a verdade ao filho pouco antes de sua morte, nos anos 50.

Movido pela curiosidade de descobrir suas raízes, Jean-Marie realizou exames e verificou que tinha o mesmo tipo sanguíneo e uma caligrafia semelhante à de Hitler. No sótão da casa da mãe, ele encontrou quadros assinados por Hitler. Na Alemanha, foi descoberto um retrato de uma mulher bastante parecida com Charlotte. Além disso, documentos oficiais do exército alemão indicam que foram

Massada



Massada é um palácio construído por Herodes, o Grande sobre um planalto de 400 metros que têm o mesmo nome. Localizado na costa ocidental do Mar Morto.

Em um rochedo isolado de onde se observa o Mar Morto na fronteira oeste do Deserto da Judéia, encontra-se um lugar de beleza majestosa – Massada (מְצָדָה, metsadá).


terça-feira, 26 de junho de 2012

Descoberto um antigo selo com o nome da cidade de Belém em Jerusalém.


(Cortesia da Autoridade Israelense de Antiguidades. Foto: Clara Amit)

Embora a varredura do terreno das escavações arqueológicas da Autoridade de Antiguidades de Israel está realizando na cidade de Davi, esta chegando ao fim nas "Paredes ao redor de Jerusalém National Park", foi encontrado um selo com o nome da cidade de Belém, de acordo com o hebraico antigo.

É o primeiro artefato antigo que é a prova tangível da existência da cidade de Belém, mencionada na Bíblia.


O selo, que mede 1,5 cm, foi encontrada durante a triagem de terra removida nas escavações arqueológicas da Autoridade de Antiguidades de Israel está realizando na cidade de Davi. A escavação  é financiada pela "Ir David Foundation", um projeto que está em curso no Parque Nacional Emek Tzurim.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Sófocles (496 a.C.?-406 a.C.?)


Estátua de Sófocles

Sófocles nasceu por volta de 496 a.C., em Colono, cidadezinha dos arredores de Atenas, e ali morreu por volta do ano 406 a.C., aos 90 anos de idade. 

Venceu em 469 a.C. um concurso anual de dramaturgia com uma tetralogia composta de três tragédias e um drama satírico, derrotando o veterano Ésquilo. 

As apresentações foram consagradoras, e Sófocles se tornou o dramaturgo grego mais festejado e homenageado em vida, além de cidadão ilustre. 


Bases do Corporativismo

Gaspar Brigido*

O Sindicato, segundo os princípios filosóficos, morais e científicos que informam a Doutrina dos Águias Brancas, tem quatro funções, harmônicas entre si:

a) – função política – através da sua efetiva participação na vida política nacional, integrando os Conselhos Municipais, os Conselhos Econômicos Provinciais e a Câmara Corporativa Nacional;

b) – função econômica – pela viva atuação na estrutura econômica da Nação;

c) – função cultural – promovendo empreendimentos destinados à formação cultural do povo, para o que manterá cursos, escolas, bibliotecas especializadas, escolas técnico-profissionais, colônias de férias, campos de esportes, tornando a Instrução e a Educação acessíveis a todas as classes; ensino primário obrigatório e gratuito; a ninguém assiste o

sábado, 23 de junho de 2012

Alan Mathison Turing: centenário do pai da computação

Uma replica do COLOSSUS visto de trás.

Ele foi um dos primeiros a pensar na possibilidade de as máquinas se tornarem inteligentes e criou um modelo teórico para um computador universal - quando isso sequer existia. Mais conhecido por seu papel na II Guerra Mundial - sua equipe decifrou os códigos usados pela Alemanha nazista para se comunicar -, o matemático britânico Alan Turing foi um visionário sem o qual este mundo moderno de iPad, smartphones e Facebook talvez não tivesse se tornado realidade. Nascido em 23 de junho de 1912, seu centenário está sendo celebrado pelo mundo inteiro não só neste sábado, mas ao longo de todo este ano.

1937 - Já graduado têm a idéia de uma máquina de computação e define computação universal.

Turing formalizou os conceitos de algoritmo e computação - com a Máquina de Turing - e por isso é considerado o 'pai' da computação moderna. Ele também escreveu o que pode ser considerado o primeiro programa de xadrez para computador e dedicou-se ainda à química, à física e à biologia. 

Entre as inúmeras ações para comemorar o centenário do cientista está o Turiing’s Sunflowers. Fascinado pelo modo como a matemática funciona na natureza, ele observou a ocorrência da sequência de Fibonacci nas sementes de girassol, no centro da flor, e imaginou que estudar a planta ajudaria e entender seu crescimento. Mas morreu sem completar o trabalho.

Voluntários do projeto de reforma do Bombe estão trabalhando para construir um a partir do Bombe original, com base em diagramas da época.

Numa homenagem a Turing, o Museu da Ciência e Indústria e o Festival de Ciência de Manchester, com apoio da universidade e prefeitura locais, promovem o Turing's Sunflowers. O objetivo é cultivar girassóis em numero suficiente para reunir os dados necessários e seguir com o estudo do britânico. Para participar, é preciso cultivar a flor, fazer a contagem das sementes, em setembro e outubro, e compartilhar os dados. Os resultados serão anunciados durante o Festival, que se realiza de 27 de outubro a 4 de novembro.

O "Alan Turing Year" (Ano de Alan Turing) tem eventos praticamente todos os dias nos mais diversos lugares, e uma organização, o Turing Centenary Advisory Committee. No site do centenário de Turing é possível ver uma lista de conferências, exposições, debates, competições, concursos, projetos e demais atividades, que incluem música, literatura e vídeo, e ainda assinar as petições em favor de Turing, do perdão póstumo até estampar a próxima série de notas de 10 libras.

Alan Mathison Turing, no momento da sua eleição para uma bolsa da Royal Society, em 29 Março 1951.

Pouco antes de fazer 42 anos, Alan Turing supostamente comete suicídio, embora a mãe de Turing tenha defendido que a morte fora 'acidental'. 

Um exame post-mortem estabeleceu que a causa da morte foi envenenamento por cianeto. Quando seu corpo foi descoberto, uma maçã estava meio comida ao lado de sua cama, e embora a maçã não tenha sido testada quanto ao cianeto, especula-se que este foi o meio pelo qual uma dose fatal foi ingerida. Um inquérito determinou que ele tinha cometido suicídio, tendo sido então cremado no crematório de Woking em 12 de junho de 1954.

O inicio

 Colossus MkI, MkII.

Aos 24 anos de idade, consagrou-se com a projeção de uma máquina que, de acordo com um sistema formal, pudesse fazer operações computacionais. Mostrou como um simples sistema automático poderia manipular símbolos de um sistema de regras próprias. A máquina teórica de Turing pode indicar que sistemas poderosos poderiam ser construídos. Tornou possível o processamento de símbolos, ligando a abstração de sistemas cognitivos e a realidade concreta dos números. A ideia de computabilidade começou a ser criada. Devido a todos esses feitos, Alan Turing é tido como o Pai da ciência da computação.

O primeiro destaque da vida de Turing veio quando ele estava perto dos 30 anos. Trabalhando em conjunto com uma organização inglesa, o matemático foi capaz de criar um sistema para traduzir os textos encriptados pelos alemães chamado “bombe”. Sua máquina era extremamente eficaz contra o equipamento inimigo, que usava uma encriptadora chamada Enigma para fazer com que as mensagens captadas pelos britânicos não fossem

quarta-feira, 20 de junho de 2012

10 mulheres aventureiras com histórias incríveis

Quando nós pensamos em aventureiros e exploradores, é comum imaginar homens sujos, misteriosos e de barba em busca de novas terras ou excitação. No entanto, a história está repleta de mulheres que contrariaram a tendência de ficar em casa e saíram em busca de aventuras.

Conheça dez mulheres que viajaram o mundo e levaram uma vida aventurosa porque queriam expandir seus horizontes, ganhar dinheiro, ou simplesmente porque o tédio não era seu estilo:

1 – Lady Hester Stanhope, 1776-1839


Lady Hester nasceu no coração de um estabelecimento inglês, filha do Conde Stanhope Terceiro e sobrinha do futuro primeiro-ministro Pitt, o Jovem.
Lady Hester manifestou seu lado aventureiro no início da vida, quando tentou remar um pequeno barco para a França, que logo foi recapturado. Uma senhora ativa e uma inteligente jovem, ela foi escolhida para atuar como anfitriã do primeiro-ministro em eventos oficiais e, mais tarde, serviu como sua secretária.
Após a morte do primeiro-ministro, ela foi premiada com uma pensão substancial da nação pelo seu serviço. Foi esse dinheiro que lhe deu a liberdade de viajar. Ela partiu para Atenas, onde Lord Byron a recebeu, com um plano de enviá-la a Paris para espionar Napoleão.
Diplomatas britânicos logo acabaram com isso e Lady Hester partiu para o Egito. Quando seu navio lá chegou, ela passou a usar roupas masculinas, um hábito que assumiu a partir desse momento. Mais tarde, Lady Hester explorou o Oriente Médio. Ela se reuniu com o governante do Egito, tratou bandidos, visitou locais bíblicos, e, com tanta hospitalidade árabe, começou a acreditar-se uma rainha para os moradores.
Lady Hester foi a primeira europeia a visitar várias cidades e foi recebida calorosamente por seus governantes. Na cidade em ruínas de Palmira, Lady Hester imaginava que tinha sido coroada rainha do deserto, e nunca perdeu essa crença. Ela passou seus últimos anos em um palácio nas montanhas do Líbano. 

2 – Annie Smith Peck, 1850-1935

Peck alcançou sucesso acadêmico na casa dos vinte anos, conforme se graduou em filologia e mostrou uma aptidão especial para o grego antigo. Isto a levou a tornar-se uma das primeiras professoras da América do Norte.
Peck passou um tempo estudando arqueologia na Grécia, a primeira mulher a fazer isso. Ela parecia feliz com sua carreira acadêmica, no entanto, quando tinha 44 anos, começou a praticar alpinismo na Europa, tornando-se a terceira mulher a escalar o Matterhorn.
Retornando para a América, ela passou um tempo escalando na América do Sul, procurando especificamente a montanha mais alta do Novo Mundo. Peck equivocadamente pensou que tinha a encontrado quando se tornou a primeira pessoa a escalar o monte Huascarán. O pico mais tarde foi renomeado em sua honra. Ela escreveu e dissertou longamente sobre suas aventuras e continuou a escalar até a velhice. Em 1909, quando escalou o Monte Coropuna no Peru, plantou uma bandeira no cume onde se lê “Votos para mulheres”.

3 – Gudridur

Gudridur (ou Guðríður) nasceu por volta de 980 d.C. na Islândia, e a sua história de vida vem de grandes sagas islandesas.
Ela percorreu uma distância muito maior do que a maioria das pessoas da época. Gudridur foi levada por seu pai para a colônia da Groenlândia fundada por Erik, o Vermelho, e se casou com Thorstein, filho de Erik.
Junto com seu marido, foi a oeste até um lugar chamado Vinland, agora conhecido como América do Norte, para recuperar o corpo do irmão de Thorstein. Infelizmente, esta expedição foi um fracasso e na viagem de regresso, Thorstein morreu.
Na Groelândia, ela se casou novamente. Com seu novo marido Thorfinnr, ela fez outra tentativa de colonizar Vinland. Os dois anos que essa colônia no Novo Mundo durou estão documentados na Saga da Groelândia.
Gudridur deu à luz ao primeiro filho europeu no Novo Mundo, Snorri. A saga da Groelândia fala de pessoas estranhas, que os colonos chamam de Skraelings, indígenas da área. No início, os nórdicos negociaram com os Skraelings, mas depois ocorreu uma luta que os nórdicos venceram.
Com medo de um ataque maior, os nórdicos se retiraram para a Groelândia. Em algum ponto, Gudridur se converteu ao cristianismo, juntamente com o resto dos nórdicos. Quando seu marido morreu, Gudridur decidiu peregrinar a Roma, onde conheceu o Papa e contou-lhe suas aventuras. Regressando à Groelândia, ela se tornou uma freira e viveu o resto de sua vida como uma eremita.

4 – Harriet Chalmers Adams, 1875-1937

Harriet Adams herdou seu amor pela vida ao ar livre de seu pai que, sem filhos, a levava para andar de cavalo e caminhar em montanhas.
Aos 14 anos, ela acompanhou seu pai em uma viagem de um ano a cavalo através da fronteira mexicana. Quando se casou com Frank Adams, o casal decidiu não viajar em lua de mel até que pudessem se dar ao luxo de viajar para algum lugar excitante.
Frank, um engenheiro, aceitou um trabalho no México e os dois transformaram isso em uma lua de mel prolongada. Harriet visitou todas as ruínas dos Astecas e Maias, muitas só recentemente descobertas nas florestas.
Harriet ficou encantada com a América Latina e encorajou Franklin a assumir um cargo em uma empresa de mineração, o que permitiria que eles viajassem pela América do Sul. Querendo documentar suas viagens, Harriet aprendeu a tirar fotografias. Suas fotos maravilhosas e sua capacidade de encantar o público a tornou uma das exploradoras mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO


 

Venho a público informar que a “rede” de blogues que fazem parte do Construindo História Hoje, do qual eu, Leandro Claudir sou autor, escritor e realizo a adaptação de textos operam sem fins lucrativos, e como tal não vendem, não anunciam, não aceitam doações e não realizam nenhum tipo de transações comerciais ou financeiras.

 

 O CHH (ou Construindo História Hoje) é uma entidade cultural, de proteção ao conhecimento que visa sua ampla divulgação.

 A ‘rede’ é composta pelos seguintes blogs:

 

 Construindo História Hoje (http://www.construindohistoriahoje.blogspot.com.br),

 

 Construindo Pensamentos Hoje

 (http://www.construindo-pensamentos-hoje.blogspot.com.br),

 

O Construtor da História

 (http://www.oconstrutordahistoria.wordpress.com),

 

Desconstruindo o Capitalismo

(http://www.desconstruindo-o-capitalismo.blogspot.com.br),

 

Desconstruindo o Comunismo

(http://www.desconstruindo-o-comunismo.blogspot.com.br),

 

Desconstruindo o Nazismo

 (http://www.desconstruindo-o-nazismo.blogspot.com.br).

 

São trabalhos pessoais com identidade inalienável e como tais estão licenciados sob CREATIVE COMMUNS ATTRIBUTION-NONCOMMERCIAL-NODERIVS 3.0 UNPORTED (CC BY-NC-ND 3.0). Attribution NonCommercial NoDerivs: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/. Legal Code full license: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/legalcode.

 

Um trabalho voltado unicamente para o compartilhamento do conhecimento entre todos os meus semelhantes, independente de etnia, credo ou nacionalidade, todos são bem vindos. Um trabalho que possui dezena de milhares de contribuintes, que contribuem com o mais precioso tesouro de um homem, as palavras!

 

Para maiores informações entre em contato através do formulário do blogue no endereço: http://www.construindohistoriahojecontato.blogspot.com/

 

Obrigado,

Leandro Claudir


terça-feira, 19 de junho de 2012

Pintura perdida de Leonardo Da Vinci foi encontrada

 
Um dos maiores gênios da história, Leonardo Da Vinci, continua nos presenteando: uma de suas obras que ficou perdida por séculos, o “Salvador do Mundo”, foi finalmente encontrada. O rosto retratado pode lembrar o de Mosa Lisa, mas não se engane: é o de Jesus Cristo, abençoando o planeta.

A história da obra é ainda obscura, pois não há nenhum registro de propriedade dela entre os séculos 17 e 19. O primeiro proprietário foi o rei da Inglaterra Charles I, seguido de seu filho Charles II. Depois disso, o destino do Salvador do Mundo se tornou um mistério.

Mas, a partir de agora, a beleza da obra será propriedade do mundo e não apenas de antigos livros de artes e história.

O INTEGRALISMO E A EDUCAÇÃO



Plínio Salgado

Nos jornais e revistas que o Integralismo publicou em 1932 a 1937, em livros desse período e dos anos posteriores até hoje, até o presente, foi exposto o pensamento dos adeptos do Sigma sobre Educação, quer no tocante aos aspectos gerais do problema, seus fundamentos filosóficos e sua objetivação, assim como no referente a setores particulares ou especializados das atividades educacionais.

Obedecendo, embora à mesma orientação filosófica, os autores escreveram segundo interpretações pessoais, produzindo trabalhos esparsos, sem a preocupação de realizar uma sistemática educacional. No entanto se verifica em todos esses escritos, um único pensamento: o da educação integral, para o homem integral.

Se a educação visa a formação do Homem, cumpre, antes de tudo, firmar um conceito do Homem. Segundo o critério Integralista, o Homem deve ser tomado no conjunto de sua personalidade. E para se ter essa noção de conjunto, temos de considerar o Ser Humano:

   1ª) – como ele é; 
   2º) – como funciona subjetivamente;
   3º) – como funciona, para atingir a plena realização de si mesmo, no meio social.

Para o Integralismo, o Homem é uma dualidade consubstancial exprimindo-se numa unidade substancial, definição de Boécio que nos faz compreender que o Homem não é apenas corpo, nem apenas espírito, mas as duas coisas intimamente ligadas. Diremos mais claramente: o Homem é um ser racional, criado à imagem e semelhança de Deus, seu criador, com direitos e deveres inerentes e decorrentes da sua racionalidade e da sua finalidade. O objetivo principal do Homem é, portanto, a realização plena da sua

O SILÊNCIO DOS LOBOS



Pense em alguém que seja poderoso... Essa pessoa briga e grita como uma galinha, ou olha e silencia como um lobo? Lobos não gritam. Eles têm a aura de força e poder. Observam em silêncio. Somente os poderosos, sejam lobos, homens ou mulheres, respondem a um ataque verbal com o silêncio. Além disso, quem evita dizer tudo o que tem vontade, raramente se arrepende por magoar alguém com palavras ásperas e impensadas. Exatamente por isso, o primeiro e mais óbvio sinal de poder sobre si mesmo é o silêncio em momentos críticos. Se você está em silêncio, olhando para o problema, mostra que está pensando, sem tempo para debates fúteis. Se for uma discussão que já deixou o terreno da razão, quem silencia mostra que já venceu, mesmo quando o outro lado insiste em gritar a sua derrota. Olhe. Sorria. Silencie. Vá em frente. Lembre-se de que há momentos de falar e há momentos de silenciar.

HINO INTEGRALISTA!



Avante! Avante!
Pelo Brasil toca a marchar
Avante! Avante!
Nosso Brasil vai despertar!

Avante! Avante!
Eis que desponta outro arrebol,
Marchar, que é a primavera,
O que a Pátria espera
É um novo Sol.


COISAS QUE O GAÚCHO FALA


Foto de um Gaúcho datada de 1868

Em lugar do calorzinho da praia, o gaúcho tem o vazio e o silêncio do pampa, que precisou ser conquistado à unha dos espanhóis.
Há quem interprete que foi o desamparo diante desses abismos horizontais de espaço que gerou, como reação, o famoso temperamento belicoso dos sulinos.

É uma teoria - mas conta com o precioso aval de um certo Analista de Bagé, personagem de Luis Fernando Veríssimo que recebia seus pacientes de bombacha e esporas, berrando: "Mas que frescura é essa de neurose, tchê?".

Todo gaúcho ama sua terra acima de tudo e está sempre a postos para defendê- la.

Mesmo que tenha de pagar o preço em sangue e luta.
Gaúcho que se preze já nasce montado no bagual (cavalo bravo). E, antes de trocar os dentes de leite, já é especialista em dar tiros de laço. Ou seja, saber laçar novilhos à moda gaúcha, que é diferente da jeito americano, porque laço é de co

Cidade perdida? Paisagem como de Atlântida é descoberta no fundo do mar.


 Recentemente, geólogos descobriram uma paisagem de cerca de 56 milhões de anos de idade usando dados coletados por empresas de petróleo.

A paisagem antiga, perdida, encontra-se enterrada sob o Atlântico Norte, com sulcos cortados por rios e picos que já pertenceram a montanhas. 

“Parece um mapa de um país terrestre”, disse o pesquisador Nicky White. “É como uma paisagem antiga, fóssil, preservada dois quilômetros abaixo do fundo do mar”.

Até agora, os dados revelaram uma paisagem 10.000 quilômetros quadrados a oeste das Ilhas Orkney (ou Órcades, localizadas no Mar do Norte), que se estendia acima do nível do mar cerca de um quilômetro. 

Os cientistas suspeitam que a paisagem faz parte de uma região maior que se fundiu com o que é agora a Escócia, e pode ter se estendido em direção a Noruega, em um mundo pré-humano.

A descoberta surgiu a partir de dados coletados por uma empresa que utiliza uma técnica avançada de eco-sondagem. Ar de alta pressão é liberado de cilindros de metal, produzindo ondas sonoras que viajam para o fundo do oceano através de camadas de sedimentos. 

Toda vez que essas ondas sonoras encontram uma mudança no material através do qual estão viajando, por exemplo, de lama para arenito, um eco volta. Microfones registram esses ecos, e as informações neles contidas podem ser usadas para construir imagens tridimensionais da rocha sedimentar abaixo do mar.

A equipe descobriu uma camada enrugada

Mistério: o que causou o Dia Escuro?


O fenômeno aconteceu em 19 de maio de 1780 na Nova Inglaterra (EUA) e Canadá, e foi conhecido como o Dark Day ou Dia Escuro. Pelo nome, você já entendeu: foi um dia escuro.
Nos últimos 232 anos, historiadores e cientistas têm discutido a origem do evento: seria um vulcão, uma nuvem de fumaça, um asteroide, ou algo mais sinistro?

Com o pouco conhecimento da época, as pessoas estavam com medo, e alguns advogados de Connecticut (EUA) achavam que estava ocorrendo o Julgamento Final, principalmente por que nos dias anteriores, tanto o sol quanto a lua tiveram uma luz avermelhada.
Mas, o que poderia ter acontecido naquele dia de 1780?

O Departamento de Meteorologia apontou que uma nuvem espessa poderia baixar o suficiente para fazer as luzes das ruas acenderem e os carros terem que ligar os faróis. Mas é improvável que uma nuvem fosse capaz de causar todos os eventos do Dia Escuro.

Um eclipse também foi descartado, por que estes eventos são previsíveis, e não há registro de um naquele dia. Além do mais, eclipses duram poucos minutos.

Outra possibilidade seria a erupção de um vulcão – a erupção do Eyjafjallajokull espalhou cinzas na atmosfera o suficiente para obrigar aeroportos a cancelarem pousos e decolagens por toda a Europa Setentrional. Além disso, as cinzas vulcânicas podem causar “dias amarelos”.

Só que não há registro de atividade

sexta-feira, 15 de junho de 2012

O Messerschmitt Me 163 Komet



Me 163

O Messerschmitt Me 163 Komet,  desenhado por Alexander Lippisch, era um avião de combate alemão a jato. Foi o primeiro avião a jato operacional, propulcionado por foguetes. Seu design foi revolucionário, e o Me 163 era capaz de um desempenho inigualável em voo. O piloto de testes do Messerschmitt, Rudy Opitz em 1944 chegou a 1.123 kmh (698 mph). Mais de 300 aeronaves foram construídas;  No entanto, o Komet se mostrou ineficaz em combate, tendo sido responsável pela destruição de apenas cerca de nove aeronaves aliadas (16 vitórias do ar por 10 perdas, segundo outras fontes). 

O projeto iniciado sob a égide da Forschungsanstalt Deutsche für Segelflug (DFS) Instituto Alemão de Estudos de vôo planador. Seu primeiro projeto foi uma conversão do anterior Lippisch Delta IV conhecido como o DFS 39 e usado apenas como um teste para as asas da aeronave.

 
A versão seguinte com um motor munido de uma pequena hélice começou com os 194 DFS. Esta versão utilizava asas como lemes, que Lippisch sentiu que poderia causar problemas em alta velocidade. Mais tarde, redesenhado-los para ser montado sobre um estabilizador vertical convencional na parte traseira da aeronave. O projeto incluiu uma série de características de um planador, com uma derrapagem utilizada para pousos, o que poderia ser recolhido na quilha da aeronave em vôo. Para a decolagem, um par de rodas, cada uma montada nas extremidades de um de um eixo transversal especialmente concebidos, em conjunto compreendendo uma decolagem "dolly" montado debaixo do estrado de aterriçagem, foram necessárias devido ao peso do combustível, mas estes eram libertados pouco depois decolagem. Foi planejado para passar para o Walter R-1-203 motor de 400 kg (880 lb) movimento por propulsão de foguete.

Heinkel também trabalhou com com Hellmuth Walter em seus motores de foguete, montados no 112 para testes, e mais tarde no primeiro avião com a finalidade para o uso de foguetes, o He 176. Heinkel também havia sido escolhido para produzir a fuselagem para o DFS 194, quando entrou em produção, verificou que o  combustível altamente volátil seria muito perigoso em uma fuselagem de madeira, com os quais poderia reagir. O trabalho continuou sob o codinome Projekt X.

 Me 163D

No entanto, a divisão de trabalho da DFS e Heinkel teve alguns problemas, e  a DFS parecia incapaz de construir a fuselagem para um protótipo. Lippisch solicitou sua saída do projeto junto com sua equipe da DFS a Messerschmitt. Em 2 de janeiro de 1939, mudou-se juntamente com sua equipe da DFS, concluíu parcialmente 194 aviões

Abuso verbal-emocional. Infância e adolescência.


Apesar de a violência verbal e da violência psicológica geralmente não deixarem marcas físicas, originam problemas emocionais, cognitivos e comportamentais. São normalmente realizadas por pessoas que sofreram agressões verbais em sua infância ou adolescência e na idade adulta utilizam desses mesmos meios ao conviver em sociedade!

A violência verbal e a violência psicológica andam, habitualmente, de mãos dadas e estão sempre presentes em todas as outras situações de maus tratos. Sempre que uma pessoa é exposta a este tipo de violência, pode afirmar-se que é alvo de abuso emocional. Este tipo de abuso caracteriza-se pela ausência ou inadequação de suporte afetivo e pelo não reconhecimento das necessidades emocionais do menor, de uma forma intencional e persistente. Os insultos verbais, a humilhação, a
ridicularização, a desvalorização, a hostilização, a indiferença, a discriminação, as ameaças, a rejeição, a culpabilização, as críticas e o abandono são apenas alguns exemplos da forma como o abuso emocional se manifesta.

Contrariamente ao que muitos possam pensar, esta e outras formas de violência ocorrem em todas as camadas sociais, econômicas e culturais, embora sejam mais frequentes em famílias desorganizadas e disfuncionais.

Apesar de a violência verbal e da violência psicológica geralmente não deixarem marcas físicas, originam problemas emocionais, cognitivos e comportamentais sérios. Vários estudos demonstraram que pessoas expostas a situações deste tipo apresentavam

quarta-feira, 13 de junho de 2012

O Estado e as Religiões



Enquanto os socialistas vivem a criar lutas religiosas, nós seguimos um caminho diferente, em que se entrosam a lealdade e o respeito as crenças alheias, porque não somos clericais nem anticlericais; não somos budistas nem bramanistas: Somos acima de tudo filhos de Deus, que é a Perfeição e a esperança eterna da Humanidade.

A organização do Estado, o Governo, suas funções decorrentes, é tudo isso campo privativo do Integralismo, onde não interfere nenhuma outra força estranha . Por outro lado não se intervém no campo religioso, onde é soberana a Religião em tudo que lhe é peculiar, como a catequese, a educação dos seus fieis, o ritual, etc.

Seria muito interessante, que o Estado pretendesse legislar sobre matéria religiosa, nomeando padres para as paróquias, estabelecendo a forma do ritual e das orações.

Não menos interessante seria, também, que o Clero se reunisse para tratar de legislação sindical e controvérsias sobre a lei de aposentadoria etc. Não são campos opostos, mas paralelos, que caminham, para nós, em perfeita harmonia, já que não prescindimos da educação religiosa, que é o sustentáculo da moral e por conseguinte dos fins superiores do Integralismo. Só não compreendem isso certas pessoas que confundem a Religião com os maus atos deste ou daquele sacerdote, o que afeta ao homem e nunca à Doutrina da Igreja.

Uma pessoa de mediano bom senso sabe separar o joio do trigo e interpretar com Justiça todas essas questões. Diremos mais uma vez: “QUI AURES HABET AUDIET” (Quem

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.